• Miguel Alexandre

A Nova Indian Chief, V-Twin, 1860cc- 100 anos de História agora reinventados! Estão preparados?!

Combinando minimalismo com a tecnologia, três novos modelos principais prestam homenagem ao passado enquanto abraçam o futuro.

Sim é verdade, quando falamos na Indian Motorcycles não falamos de uma marca qualquer. Criada em 1901, é hoje um dos símbolos mais icónicos dos Estados Unidos reconhecido por todos o globo. Com formas eloquentes e dinâmicas que deixam qualquer amante das duas rodas, seja qual for a sua idade, com vontade de dar uma voltinha. Ao contrário de outras marcas têm conseguido junta a sua heritage com o mundo actual, a Indian tem criando verdadeiros ícones de beleza e satisfação.


Em 1921 a Indian Motorcycle revelou a icónica Indian chief, uma das motos mais históricas e influentes de todos os tempos. Agora, em celebração dos 100 anos, a America's First Motorcycle Company está a lançar três novos modelos de Indian Chief, totalmente reimaginados, para a sua nova linha. Combinando o icónico estilo americano V-twin com desempenho e tecnologia moderna, a Indian Motorcycle concebeu a nova Chief com uma estética simplista e mecânica que presta homenagem aos dias de glória do motociclismo americano sem esquecer as necessidades actuais.

Tudo baseado numa estrutura de tubo de aço intemporal e simplista e alimentado pelo potente motor V-twin da Indian Motorcycle, a nova Indian Chief Dark Horse, Indian Chief Bobber Dark Horse e Indian Super Chief Limited oferecem três tomadas únicas do clássico V-twin americano, cada uma apelando a um motociclista ligeiramente diferente. (estes serão os únicos modelos lançados no mercado europeu, muito provavelmente devido às limitações do Euro 5)


A nova Chief proporciona uma experiência de pilotagem despojada onde o poder, o minimalismo e a atitude lideram o caminho. O regresso aos dias de glória dos V-twins americanos quando se faziam à estrada para lado nenhum, com bons amigos e apenas o essencial, era o material das lendas.


Depois há a nova Chief Bobber Dark Horse. Com pneus volumosos enrolados em rodas falantes, uma parte dianteira musculada e um assento bobber solitário, o Chefe Bobber Dark Horse presta uma homenagem estilística aos clássicos gémeos em V do pós-guerra, alterados e cortados por veteranos militares e rebeldes de colarinho azul, com a intenção de quebrar o padrão.


E finalmente, a Indian Motorcycle lança a Super Chief Limited com alforges e um pára-brisas, oferecendo um pouco mais de versatilidade e implora aos motociclistas por quilómetros mais longos e até mesmo fugas mais arrojadas.



"A Indian Chief é uma moto verdadeiramente icónica e que melhor forma de celebrar o seu 100º aniversário do que soltar uma formação completamente nova de Chefe Indiano", disse Mike Dougherty, Presidente da Motorcycles International and Polaris. "Estas motos captam a simplicidade mecânica e a atitude dos clássicos V-twins americanos, mas trazem tudo isso à frente com sofisticação e características modernas. Não podíamos estar mais entusiasmados por trazer esta nova plataforma para o nosso alinhamento".


A nova linha da Indian Chief marca a intersecção de simplicidade e poder. A mecânica é simples, os modelos Chief baseiam-se numa estrutura clássica de tubos de aço soldados . O alinhamento apresenta um depósito de combustível de 15,1 litros, pára-choques traseiros de bobber, amortecedores traseiros duplos com pré-carga ajustável (alinhados com a estrutura do quadra fazendo lembrar as antigas Indian ainda sem suspensão traseira.), escape duplo, iluminação LED, ignição sem chave, e pneus Pirelli Night Dragon. Juntamente com o cruise control, e três modos de condução: desportivo, de série ou de passeio.


Nota: Este modelo não tem controlo de tracção. Não porque a Indian não o tenha disponível, porque há modelos Indian com, mas aparentemente eles achas que não há necessidade e acaba por dar um toque mais musculado ao modelo.


Com uma curta distância entre eixos de 1626 mm, uma altura de assento baixa com apenas 662 mm e um peso (cheia) de 304 kg (lembrem-se que tem montado um V-Twin!), o alinhamento da Chief inspira confiança e é abordável por qualquer piloto. Os garfos dianteiros convencionais de 46 mm com 132 mm de percurso, ângulo de inclinação de 28,5 graus e ergonomia confortável, criam uma máquina muito capaz.


"Queríamos capturar um aspecto intemporal que nunca sai de moda, e fica linda quer nua quer completamente vestida", disse Ola Stenegard, Director, Industrial Design for Indian Motorcycle. "Queríamos também mantê-lo suficientemente simples para permitir que a imaginação dos motociclistas voasse com opções e possibilidades de personalização. Em última análise, esta é uma moto que evoca emoção com estilo mecânico simples e músculo americano bruto. É uma máquina de equitação pura".

Incorpora um guiador largo, rodas fundidas de 19 polegadas, controlos de pé médios, um farol fino e um assento de bobber individual.A nível de cores poderão escolher entre Preto - Black Smoke, Verde - Alumina Jade Smoke e Cinza - Stealth Gray. A motorização de todos os modelos Chief é o motor Thunderstroke 116 (1890cc) da Indian Motorcycle com 162 Nm de torque. O ABS é de série.


Se por acaso acharem que 1860cc é pouco é ainda possível pedir o stage 1 one Air intake para aumentar a potência - entre outros !

Além disso, cada modelo proporciona uma experiência premium com o seu sistema Ride Command de 101 mm redondo, primeiro na indústria. Os pilotos podem operar o sistema Ride Command através de controlos de botão ou através do ecrã táctil digital IPS. Os pilotos podem circular através de múltiplas interfaces, incluindo duas configurações de gabarito diferentes, informação da moto e de passeio, e navegação curva a curva. Se utilizarem um comunicador de capacete sem fios, os pilotos podem controlar a sua música dentro do sistema Ride Command uma vez que o seu telefone seja emparelhado via Bluetooth ou USB. Os pilotos podem também aceder a informações telefónicas, incluindo chamadas recentes, contactos, teclado numérico e histórico de mensagens de texto. Quando ligadas, as chamadas recebidas aparecerão e podem ser aceites ou recusadas directamente através do sistema Ride Command.

A nova Indian Chief é sem dúvida uma obra de arte, claramente fácil de personalizar e que vai agradar tanto a novos como a mais velhos. Rompe com os (pre)conceitos das Bobbers e trás claramente argumentos para incitar os mais novos a este tipo de moto.



Posts recentes

Ver tudo