• Miguel Alexandre

Dakar 2021 - etapa 11 -KTM ao Ataque! Barreda esqueceu-se de... abastecer.

511 quilómetros a percorrer nesta penúltima etapa, que é também a mais longa do 43º Dakar, apresentando quase 100 quilómetros de dunas, e que colocou os pilotos e as suas máquinas à prova. Os títulos estão ainda por decidir pelo que os favoritos terão de medir cada salto cuidadosamente para tentar ganhar tempo e, ainda mais importante, evitar perde-lo. A etapa para Yanbu trouxe novidades e relançou a KTM na corrida pelo título, encostando assim a Honda à parede. Sam Sunderland conseguiu a vitória e fica assim a sensivelmente 4 minutos do primeiro lugar na geral. Tudo se irá decidir amanhã, na última etapa deste incrível Dakar, que infelizmente já tirou de prova grandes nomes e possíveis candidatos à vitória.


Walkner Matthias (aut), KTM, Red Bull KTM Factory - January 14, 2021 - Photo Frédéric Le Floc’h / DPPI

Insólito na etapa de hoje, Joan Barreda ficou sem gasolina ao km 267, após ter falhado o ponto de reabastecimento. Este momento é estranho e após não poder continuar Barreda pediu ajuda da equipa medica para regressar ao Bivouac, o que poderá indicar que não estaria bem e que algo o pode ter levado a esquecer o ponto de abastecimento. Esta tem sido uma prova muito dura que põe à prova o corpo humano e poderá ter havido algum problema com Barreda que ainda não é conhecido.


Os portugueses novamente mostraram uma enorme solidez nesta etapa, que tem vindo a ser habitual durante todo o Dakar. Desta vez S. Buhler - Hero - foi o melhor com 4.59.01 em 12º logo seguido por R. Gonçalves com sua Sherco a apenas 2 minutos com 5.02.18. Joaquim Rodrigues - Hero - fez 27º com 5.32.42.


Yakp Zaker (chn), KTM - January 14, 2021 - Photo Antonin Vincent / DPPI

Hora Local

Dia 13/01

18:41 Etapa 11 encurtada, o horário permanece o mesmo

As recentes condições meteorológicas no troço final da etapa 11 obrigou os organizadores a encurtar o percurso em cerca de 50 quilómetros para evitar complicações. Contudo, as dunas continuam a ser a espinha dorsal desta etapa decisiva, que vai colocar os concorrentes e os seus veículos á prova!


Dia 14/01

07:00 Yanbu acena no final de uma etapa decisiva

Com 511 quilómetros, a penúltima etapa é também a mais longa do 43º Dakar, apresentando quase 100 quilómetros de dunas. Os títulos estão ainda disponíveis em algumas categorias, pelo que os favoritos terão de medir cada salto cuidadosamente para tentar ganhar tempo e, ainda mais importante, evitar perder algum. A etapa para Yanbu poderá muito bem segurar a chave do Dakar.


Svitko Stefan (svk), KTM - January 14, 2021 - Photo Antonin Vincent / DPPI

07:20 Brabec surge

Ricky Brabec chegou ao dia de descanso quase 20 minutos atrás do líder geral. Apressando-se para o início da penúltima etapa, o campeão em título está a um minuto do novo líder, Kevin Benavides. Agora que Toby Price e Nacho Cornejo se foram, Benavides é o último homem entre Brabec e uma defesa bem sucedida do título. Sam Sunderland, o melhor piloto da KTM em terceiro lugar, precisa que os dois cavaleiros da Honda falhem em grande para voltar ao jogo... e, com apenas duas etapas pela frente, as probabilidades estão a descer rapidamente.


Brabec Ricky (usa), Honda, Monster Energy - January 14, 2021 - Photo Frédéric Le Floc’h / DPPI

07:37 Brabec começa a lidar com a especial

Ricky Brabec é o primeiro piloto a sair a dificil 11º especial. Kevin Benavides, o seu principal rival, partirá seis minutos depois. Menos de um minuto separa os dois homens a duas etapas do final em Jeddah e a batalha promete ser cativante.


08:12 Barreda já está no WP1

Joan Barreda, que previu uma fase longa e difícil duranten a qual os erros devem ser evitados, já atingiu o primeiro ponto de verificação após 41 km. Ele ostenta uma vantagem de vários segundos sobre Ricky Brabec, mas todos os olhos estarão postos no tempo de Kevin Benavides quando ele chegar ao WP1.


08:31 Contra-ataque da KTM

O novato Daniel Sanders e Sam Sunderland, ambos bastante discretos ontem, passaram para a liderança no primeiro ponto de verificação. Os dois pilotos da KTM lideram actualmente o trio Honda HRC composto por Kevin Benavides, Joan Barreda e Ricky Brabec. De momento, sete pilotos estão dentro do mesmo minuto!


08:44 Agora é a vez de Quintanilla

Pablo Quintanilla, vice-campeão de Ricky Brabec em 2020, tem apenas um pódio este ano, mas o piloto da Husqvarna está no ataque no início deste especial, avançando para a liderança, 38'' à frente de Daniel Sanders! Kevin Benavides, Joan Barreda e Ricky Brabec seguem agora na frente por mais de um minuto. Martin Michek, o terceiro melhor estreante do ano passado, subiu para a terceira posição no especial!


Quintanilla Pablo (chl), Husqvarna, Rockstar Energy - January 14, 2021 - Photo Frédéric Le Floc’h / DPPI

09:02 Van Beveren já perdeu 5 minutos

Adrien van Beveren, o único piloto oficial da Yamaha que resta na corrida, está a passar por várias dificuldades no início da especial: o francês já concedeu mais de cinco minutos a Daniel Sanders no segundo ponto de controlo do tempo e Pablo Quintanilla, líder da etapa no WP1, ainda não chegou.


an Beveren Adrien (fra), Yamaha, Monster Energy - January 14, 2021 - Photo Frédéric Le Floc’h / DPPI
Van Beveren Adrien (fra), Yamaha, Monster Energy -January 14, 2021 - Photo Eric Vargiolu / DPPI

09:06 Brabec perde algum terreno

As três Hondas montadas por Joan Barreda, Kevin Benavides e Ricky Brabec já completaram 127 km e o detentor do título já ganhou a Barreda 2'30 e Benavides, o seu principal rival na classificação geral 40''.


09:11 Sanders recupera a liderança

Pablo Quintanilla atingiu o segundo ponto intermédio na quarta posição, 30'' atrás do estreante Daniel Sanders que lidera à frente de Joan Barreda. Ricky Brabec está em terceiro, 16'' atrás, enquanto Kevin Benavides segue por 46'' na quinta posição. No entanto, é provável que as distâncias aumentem quando todos tiverem completado 127 km.


09:35 Os 4 melhores dentro de 10''.

Pablo Quintanilla recuperou a liderança após 127 km com o mesmo tempo que Daniel Sanders. Joan Barreda e Sam Sunderland estão no auge, menos de 10'' atrás! A especial está a revelar-se mais difícil para Kevin Benavides, com uma vantagem de 1'49'' e Ricky Brabec, que está 2'29'' atrás do actual líder da etapa.


10:35 Grande e insólito erro para Barreda!

Joan Barreda ostenta uma vantagem de 12' sobre Ricky Brabec após 215 km! Contudo, o espanhol não parou no ponto de reabastecimento e continuou o especial. O quinto colocado na classificação geral é susceptível de receber uma grande penalização na final e pode acabar por ficar sem gasolina...


10:57 Benavides abre uma brecha sobre Brabec

A situação após 215 km, mesmo que provisória devido ao erro de Joan Barreda, revelou no entanto um fosso crescente entre Kevin Benavides e Ricky Brabec. De momento, é uma vantagem para o argentino, que ostenta uma vantagem de quase três minutos sobre o seu companheiro de equipa e rival na classificação geral. No entanto, os dois pilotos da Honda HRC ainda não chegaram a meio da etapa e um percalço ou erro pode acontecer a qualquer momento...


11:04 Brabec perde o seu caminho

Ricky Brabec desviou-se da rota da especial após 247 km. O detentor do título, já atrasado em relação a Kevin Benavides no último ponto intermédio, pode perder tempo valioso.


11:16 Barreda está sem gasolina! Já se esperava.

Joan Barreda ficou sem gasolina após 267 km! Após ter falhado o ponto de reabastecimento, infelizmente o espanhol colocou-se a si próprio nesta situação.


11:34 Benavides e Brabec abrem agora o caminho

Kevin Benavides e Ricky Brabec passaram por Joan Barreda na rota do dia e estão actualmente a abrir o caminho. O americano, depois de se ter perdido brevemente, regressou à rota correcta e está quente nos calcanhares do seu companheiro de equipa. Como Brabec admitiu ontem, Honda não está a dar ordens aos seus pilotos, todos podem lutar pela vitória!


Benavides Kevin (arg), Honda, Monster Energy Honda - January 14, 2021 - Photo Eric Vargiolu / DPPI

11:39 Sanders vai taco-a-taco com Benavides

Daniel Sanders voltou a subir a um segundo de Kevin Benavides após 260 km. O novato poderia hoje retomar a sua primeira vitória na etapa e oferecer essa glória à KTM.


12:27 Sunderland assume a liderança

O super Sam Sunderland está a impor o seu ritmo após 306 km. O piloto britânico ostenta uma vantagem de 1'37'' sobre Pablo Quintanilla e quase três minutos sobre Kevin Benavides. Em sexto, Ricky Brabec perdeu mais de nove minutos para Sunderland e, mais significativamente, mais de seis minutos para Benavides! Os dois pilotos Honda estão a "cavalgar" ao lado e parece ser difícil para Brabec fazer a diferença antes da linha de chegada.


Sunderland Sam (gbr), KTM, Red Bull KTM Factory - January 14, 2021 - Photo Florent Gooden / DPPI

12:52 Ainda 6 minutos entre Benavides e Brabec

Com cem quilómetros até à linha de chegada, Kevin Benavides e Ricky Brabec continuam a fazer a etapa juntos e a distância que os separa quase não mudou desde o ponto de verificação da hora anterior.


13:07 Sunderland e Quintanilla ainda lideram

Após 362 km, uma KTM e uma Husqvarna lideram a etapa, montadas respectivamente por super Sam Sunderland e Pablo Quintanilla, com 1'37'' a separar os dois pilotos. Kevin Benavides está ainda em terceiro lugar, a 40'' de distância, enquanto o estreante Daniel Sanders está 6'03'' atrás.


14:02 Barreda abandona a corrida

Era provável que isso acontecesse e agora foi confirmado: Joan Barreda levou a sua aventura a um final inesperado. O espanhol, que tinha parado depois de ter ficado sem gasolina, pediu um exame pela equipa médica que o levou para o Bivouac.


14:15 Benavides e Brabec na linha de chegada

Kevin Benavides e o seu companheiro de equipa Ricky Brabec acabam de completar a especial do dia. O argentino aumentou a sua vantagem sobre o seu rival americano na classificação geral para 7 minutos. Com uma etapa restante antes do final em Jeddah, Brabec ainda pode sonhar com o título, mas Benavides está, no entanto, numa posição mais favorável.


14:31 Sunderland, o vencedor!

O super Sam Sunderland conseguiu! O piloto britânico não só se voltou a familiarizar com o pódio ( primeira vez em 2019), como também obteve uma vitória soberba. O piloto da KTM conseguiu habilmente manter uma liderança confortável sobre a Husqvarna montada por Pablo Quintanilla para saborear o sucesso em grande estilo.


Sunderland Sam (gbr), KTM, Red Bull KTM Factory - January 14, 2021 - Photo Frédéric Le Floc’h / DPPI

Os Portugueses terminaram a etapa em:

- S.Buhlher (Hero) em4.59.01 com +0.23.49

- R. Gongalves (Sherco Factory) em 5.02.18 com +0.27.06

- J. Rodrigues (Hero) em 5.32.42 com +0.57.30


Na classificação geral a armada portuguesa segue agora em:

12º J. Rodrigues (desceu)

15º S. Buhler (subiu)

20º R. Gonçalves (subiu)


Classificação Etapa 11 Top 10



Classificação Geral Top 10