• Editorial

O começo de uma aventura.

O alarme desperta! São 6h00, ao contrário dos outros dias hoje a energia é diferente... Levantar, comer algo rápido, - T-shirt ou camisola!? T-shirt! Vai estar bom tempo de certeza! - Pegar as chaves e dirigir-se até à garagem, a incerteza desta decisão continua na cabeça... Vestir as calças, calçar as botas - "Será que devia ter pegado na camisola!? Agora já vai assim!" - casaco, verificar as proteções todas e só falta o capacete. Com um breve olhar de relance percebemos " Merda! Esqueci-me de limpar a viseira!" como o tempo aperta e já não se pode desperdiçar mais minutos, um pouco de cuspe e o primeiro pano que aparecer à mão vai ser suficiente para a por a brilhar! Direção duas rodas, meter a chave, rodar e esperar que ela faça aquele sobe e desce de ponteiros. Acender o motor enquanto apertamos os últimos fechos e botões ao som daquela maravilhosa música que indica o inicio de uma nova viagem na companhia da nossa amada. Começa mais um dia de boas sensações.

Este é o ritual - mais ou menos igual - de todos os motards, seja para ir para o trabalho ou para um dia de passeio com os amigos. Aquela sensação inexplicável que ansiamos quando não estamos a andar, aquela preparação para a adrenalina e para o sentimento de liberdade que tão difícil é explicar a quem não anda, nunca andou ou que apenas vê noticias sobre os acidentes e as mortes na estrada, que infelizmente tantas vidas já levou. É uma sensação inigualável que adoramos e que tem vindo a ganhar mais fãs nos últimos anos. As estatísticas assim o mostram, mais de 2M de registos de novos motociclos só de 2019 a 2020, na Europa - dados acem.eu .


Esta paixão liga todos os amantes de duas rodas, sejam eles custom, naked, touring, adventure, desportivas, ou tantas outras... Não importa, a verdade é que sempre que passamos uns pelos outros no saudamos com o famoso "V". Todos nós amamos incondicionalmente a nossa menina de duas rodas e falamos para ela como se nos entendesse, damos aquela palmadinha quando ela faz aquela curva toda deitada, ou simplesmente quando chegamos a casa depois de um dia cheio de peripécias e ela nos entregou são e salvo. Elas são especiais.



Como amantes de duas rodas, decidimos começar este website de crónica, opinião e noticias. - Porque razão? - Podem perguntar alguns, a verdade é que existem imenso sites de noticias sobre motas, mas para sermos honestos com vocês nunca encontramos nenhum website/blog português que tivesse um carácter opinativo sério sobre este tema. Encontramos muitas vezes artigos sobre detalhes técnicos, mas nós queremos ir um pouco mais além e falar sobre a emoção e o sentimento, aquilo que nos une em torno das motas, e transmitir através de palavras as sensações que nós motards sentimos de uma maneira clara como se fosse uma conversa com os amigos.




Este será o nosso primeiro artigo, nesta nova aventura, esperamos trazer um caracter opinativo e sério a todos os nossos leitores e deixar espaço para que todos vocês possam ter uma opinião critica sobre o que escrevemos. Nunca iremos procurar o "click" só para fazer dinheiro fácil com anúncios, não gostamos disso. Queremos algo sério com o qual todos possam sentir uma ligação.

O nosso muito obrigado.

De Motards, para Motards!

Posts recentes

Ver tudo